Con solo un año y ocho meses, João Vicente fue diagnosticado con parálisis cerebral después de sufrir un derrame cerebral grave. Desde entonces, su madre Avante Leaozinho ha estado a su lado, asegurándose de que reciba toda la ayuda, el cuidado, la atención y el amor que necesita. 

En un reciente vídeo viral subido a Instagram, su progenitora ha demostrado una vez más cuán dedicada está a asegurarse de que João experimente todas las cosas que hacen los niños "normales", incluido ir en skateboard. En las imágenes se ve a su hijo subiendo y bajando en rampas con la ayuda de un monopatín construido especialmente para él.

"Para los niños con parálisis cerebral, tener deseos y sueños no está permitido"

 

"Mi hijo tiene siete años. Es un niño lleno de voluntades, deseos y sueños. Uno de esos sueños fue durante mucho tiempo andar en patinete. Pero para los niños que tienen parálisis cerebral, o cualquier otro tipo de discapacidad, tener deseos y sueños no está permitido. El mundo siempre nos dice que no”, escribe su madre en el post.

Avante se propuso hacer realidad el sueño de su hijo a pesar de todas las batallas que tuvo que enfrentar. "Durante mucho tiempo traté de hacer que João cumpliera su sueño de montar en skate. Intentamos con bicicletas, andadores, patines eléctricos. Sin embargo, nada funcionó. Hasta que conocí a dos chicos increíbles que me presentaron su proyecto de skateboard, Daniel Paniagua y Stevan Pinto, fisioterapeuta y psicólogo que ayudan a jóvenes con parálisis cerebral a lograr sus sueños", explica.

Los tres se embarcaron en el desafío de crear un patinete para el pequeño de siete años. Así, inventaron, construyeron y encontraron una manera de hacer posible lo imposible y desde entonces han cumplido los sueños de muchas personas, incluida la de João. “Gracias por llevar a mi león a dar un paseo”, concluye la madre.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

tá chovendo aqui em curitiba e vou me fazer de louca e postar esse #tbt atrasado de um outro dia chuvoso. meu filho tem 7 anos. é um menino cheio de vontades, desejos, sonhos. e um deles foi, por muito tempo, andar de skate. acontece que ele tem paralisia cerebral desde que sofreu um AVC, com 1 ano e 8 meses. e para as crianças que tem paralisia cerebral, ou qualquer outro tipo de deficiência, ter desejos e sonhos não é permitido. o mundo tá sempre nos dizendo que não. não devemos, não conseguimos, não vai dar certo, não tem adaptação. não pertencemos. por muito tempo tentei suprir esse sonho do joão com outros recursos, bike, andador, skate elétrico de dupla comigo - não recomendo para pessoas que, como eu, são capazes de tropeçar no próprio pé. nada adiantou. até que eu conheci o @skate_anima . um projeto tocado por dois caras incríveis @danielpaniagua_ e @stevan_pinto que não conseguiram ficar parados diante do sonho de uma outra jovem com paralisia cerebral. ela queria o mesmo que o joão: andar de skate. e esses caras ficaram inquietos pensando o quão absurdo essa estrutura que faz com que crianças e jovens não possam sonhar, não importa quem sejam. os dois amam skate, e acharam mais que justo que todas as crianças pudessem ter a chance de amar também: a liberdade, o vendo no rosto, a adrenalina. acharam um jeito de fazer o impossível mais possível, e de lá pra cá realizaram os sonhos de muita gente, encontrando várias adaptações possíveis para pessoas com diferentes deficiências viverem a experiência. esse andador que o joão usa, em específico, foi criado por @ricardoporva do @espaco.vivairis , ele é skatista e pai atípico, e teve essa ideia para que sua filha com ame pudesse andar com ele. uma rede de coragem e afeto. ontem o vídeo da primeira vez que o joão andou foi parar em uma plataforma importante internacional de skate, e assim a gente vai transformando o que é normal, o que pertence, quem pertence, e o que é possível. e a auto-estima de um carinha que tá todo orgulhoso por aqui. obrigada @skate_anima por tanto, sempre. vocês merecem o mundo. @berrics thank you for taking my lion for a ride. nesse #tbt o dia que andamos na chuva mesmo.

A post shared by avante ⚡️ (@avanteleaozinho) on